segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Inteligência Emocional

Há momentos em que "dar o máximo" pode, ainda, não ser o bastante; o que faz a diferença mesmo é uso da Inteligência Emocional.

Obs:
Muito valorizada ultimamente, a Inteligência Emocional é a capacidade de gerênciar as nossas emoções de uma forma que possamos transformar situações adversas em elementos a nosso favor. Dessa forma pessoas com qualidades de relacionamento humano, como afabilidade, compreensão e gentileza, têm mais chances de obter o sucesso.

2 comentários:

Elô Baêta disse...

Muitíssimo bem-vinda a sua abordagem sobre Inteligência Emocional, tão em voga no momento e de extrema importância na busca do equilíbrio pessoal, profissional e nos relacionamentos de maneira geral. Já virou rotina,sempre que posso, dar uma passadinha aqui, no seu blog, onde sempre encontro palavras, frases e textos que ajudam no meu crescimento pessoal e, com certeza, de todos que aqui acessam. É admirável a sua sensibilidade em falar sobre temas que tocam, na tentativa constante de evolução dos seres. Parabéns, amiga. Um grande beijo,

Elô Baêta

Maria Moura. disse...

que visita mais querida...
obrigada, Elô. volte sempre por aqui!
sua amizade - sem excessos nem carências - é muito cara para mim, viu?
um beijo grande da amiga gaviota!