domingo, 25 de outubro de 2009

Autodidata

Lembrando do valor e da importância do estudo em sua vida, o autodidata espírita Manoel Jovino assevera não ter limites para a sede de conhecimento que traz na alma:
- O meu limite é a minha ignorância!

2 comentários:

.Lis disse...

Oi,Maria
Publiquei um poema seu no meu blog,como su seguidora achei que voce nao se importaria , afinal os poetas e escritores gostam de ser lidos e admirados, não?
Depois, qundo quiser dê uma espiadinha lá e desculpe nao ter pedido antes.
Abraços

Maria Moura. disse...

querida,
é uma honra para mim ter um poema publicado em seu blog.
aproveitei e me tornei sua seguidora também.
vamos trocar figurinhas!
bjo.