sábado, 31 de maio de 2008

Seu nome

Sentado sozinho por entre as sombras de pensamentos silenciosos, pronunciarei Seu nome. Pronunciarei Seu nome sem palavras; pronunciarei Seu nome sem fim. Sou como uma criança que chama sua mãe centenas de vezes, feliz por dizer: "Mãe".

Rabindranath Tagore

2 comentários:

joão dionisio soares disse...

então voltei ao mundo dos blogs, veja e coloque um link ai se de viu http://cartasninguem.blogspot.com/

Maria Moura. disse...

que bom, meu amor. estou super feliz que esteja de volta: seja bemvindo!